You Are Here: Home » Artigos » Ester, um espelho para o cristão de hoje

Ester, um espelho para o cristão de hoje

EDIÇÃO: 53 – 1º Trimestre – Ano: 2021 – Editora: BETEL

LIÇÃO – 02 – 10 de janeiro de 2021

TEXTO ÁUREO

“(…) e alcançava Ester graça aos olhos de todos quantos a viam.” Ester 2.15b

VERDADE APLICADA

As atitudes da rainha Ester enfatizam a necessidade de sermos pessoas honradas.

OBJETIVOS DA LIÇÃO

– Entender qual é o papel do cristão no mundo.

– Apresentar Ester como um exemplo de fidelidade.

– Ressaltar que Ester era íntegra e temente a Deus.

TEXTOS DE REFERÊNCIA

Ester 2

8. Sucedeu, pois, que, divulgando-se o mandado do rei e a sua lei e ajuntando-se muitas moças na fortaleza de Susã, debaixo da mão de Hegai, também levaram Ester à casa do rei, debaixo da mão de Hegai, guarda das mulheres.

16. Assim, foi levada Ester ao rei Assuero, à sua casa real, no décimo mês, que é o mês de tebete, no sétimo ano do seu reinado.

17. E o rei amou a Ester mais do que todas as mulheres, e ela alcançou perante ele graça e benevolência mais do que todas as virgens; e pôs a coroa real na sua cabeça, e a fez rainha em lugar de Vasti.

INTRODUÇÃO

O livro de Ester nos descreve de uma maneira afetuosa as estratégias de Deus, o qual agiu de modo silencioso para proteger o povo hebreu dos seus inimigos.

I. O PAPEL DO CRISTÃO NO MUNDO

Ester viveu em um período em que prevalecia a imoralidade. Em seu reino havia promiscuidade, libertinagem, traição, embriaguez excessiva e todo tipo de idolatria. Você conhece algum lugar assim? É impossível não perceber que o nosso mundo hoje está semelhante àquele em que Ester convivia. Como uma serva fiel, ela não se deixou corromper com as coisas que o mundo oferece! Ela sabia que pertencia ao povo que tinha aliança com Deus. E você, sabe qual o seu papel no mundo?

1. Devemos confiar no amor de Deus.

Deus disse através do profeta Jeremias: “Como amor eterno te amei” [Jr 31.3]. Ele nos criou e se importa conosco. Uma prova deste amor nota-se na vida de Ester, que tinha uma íntima e saudável comunhão com o Senhor. Deus sabia que ela não abandonaria as verdades transmitidas por seu primo Mardoqueu [Et 2.7]. Temos observado que nos dias atuais muitos cristãos estão abandonando suas verdades. O apóstolo João deixou registrado que: “E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre”. [IJo 2.17]. Isso nos faz ter a certeza de que não devemos abandonar ao Senhor e que a alegria verdadeira está em ter uma comunhão contínua com Ele.

2. Um exemplo para os cristãos de hoje.

A maneira como o livro de Ester aborda sua conduta serve de espelho para cada cristão. Ela nos ensina a confiar no Senhor acima de tudo. A Bíblia corrobora nos orientando a não amar o mundo. É por causa disso que Jesus afirmou que Seu reino não era deste mundo [Jo 18.36]. O crente tem que aprender a dizer “não” às tentações do mundo: “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há” [IJo 2.15]. Em uma sociedade contaminada e nefária, é preciso que haja cristãos que façam a diferença em todos os segmentos de nossa sociedade, ao ponto de conquistarem alguns para o Evangelho de Cristo, por causa da sua vida exemplar.

3. Uma fé inabalável.

Através da Bíblia temos a oportunidade de conhecer pessoas que fizeram toda a diferença neste mundo. Uma destas pessoas foi Ester. Ela nos mostra que podemos até viver em uma terra estranha, e ainda assim a nossa fé ser pautada no sobrenatural de Deus. Ela pede que todos os judeus jejuem por ela por três dias [Et 4.16], tendo a plena certeza da importância do jejum e da oração na vida do servo de Deus. Esta atitude de Ester demonstra sua total dependência em Deus. Ester praticou o que Jesus disse em Mateus 6.16-18.

II – UM EXEMPLO DE FIDELIDADE

Em sua carta a Timóteo, Paulo escreveu: “…sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, na pureza” [ITm 4.12]. Ester nos dá este exemplo em sua dependência total de Deus. Ester tinha tudo para ser uma pessoa triste, desanimada, entretanto não é isso o que vemos. Notamos que ela está firmada na palavra do salmista, que declarou: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem   presente na angústia.” [Sl 46.1]. O exemplo de fidelidade é uma das características mais importantes do autêntico discípulo de Jesus.

1. Faça a diferença onde você estiver.

Embora vivendo em uma terra estrangeira, Ester não se deixou levar pelas influências que o mundo pode oferecer. Assim como Ester, os cristãos de hoje são peregrinos em uma terra estrangeira [IPe 2.11], pois o nosso reino não é deste mundo [Jo 18.36]. Vivemos no meio de uma sociedade insensível e agressiva ao nosso projeto de vida. Contudo, não devemos ficar na defensiva. Devemos pregar a Cristo a tempo e fora de tempo [IITm 4.2]. Ester possuía as características que Deus espera de todos nós, sem exceção. O verdadeiro cristão tem que fazer a diferença no meio em que estiver, seja na sua igreja, no seu trabalho, em sua casa e em sua família. Precisamos ser dependentes de Deus, e Ele honrará as nossas atitudes.

2. As estratégias de Deus para a nossa vida.

Ao falar sobre estratégias de uma vida vitoriosa, nos vem à mente dois personagens: Ester e José. José entrou na presença do rei quando foi convocado, Ester entrou sem ser convidada. Ester foi capaz, mesmo sendo indigna, por ser judia, de tornar-se rainha da Pérsia [Et 1.1], e José tornou-se governador do todo o Egito [Gn 41.40]. Aprendemos com a história de ambos que, quando o Senhor querer abençoar, Ele se utiliza de várias estratégias. Quando Deus quer abençoar, o que importa de fato é a nossa comunhão com Ele. Tenha a certeza de que Deus tem uma estratégia para que a tua vida seja vitoriosa.

3. Deus tem um propósito na vida de cada crente.

O livro de Ester nos faz entender que o cristão faz parte do plano de Deus na terra. Devemos viver por meio da fé, certos de que Deus tem um propósito para cada um de nós. Na dinâmica de Deus, Sua tática é a de uma vida vitoriosa para todos os seus servos [Jr 29.11]. Para que o Senhor venha cumprir Seus propósitos em nossa vida, precisamos basear todas as nossas ações no que diz a Sua Palavra: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamadas por seu decreto” [Rm 8.28].

III – ESTER, MULHER ÍNTEGRA E TEMENTE A DEUS

Ester é apontada na Bíblia como uma serva sincera. Mulher íntegra e temente a Deus. Integridade é um termo abrangente que significa: “Qualidade de íntegro, retidão, imparcialidade, pureza”. Todos os adjetivos qualificam Ester. Ela quis mostrar o rei o que era, e não o que possuída [Et 2.15]. Seu verdadeiro tesouro não estava em sua aparência, e sim no fato da presença de Deus estar em sua vida.

1. A bênção do Senhor estava sobre a vida de Ester.

Por sua fidelidade espiritual, o Senhor engradeceu Ester diante das nações: “E o rei amou a Ester mais do que a todas as mulheres, e ela alcançou perante ele graça e benevolência mais do que todas as virgens; e pôs a coroa real na sua cabeça, e a fez rainha em lugar de Vasti”. [Et 2.17]. Ela tinha a bênção de Deus sobre a vida [Pv 10.22]. Isso faz parte da promessa de Deus que expõe: “…os sinceros herdarão o bem” [Pv 28.10]. Quando a bênção do Senhor está sobre a vida, milagres acontecem.  

2. A vida eterna: tesouro incomparável.

Nos dias de hoje, existe um falso conceito de prosperidade. Mediante a isso, o homem vive buscando acumular tesouros na terra. Jesus disse: “Não ajunteis tesouros na terra” [Mt 6.19]. Os homens estão morrendo por tesouros perecíveis que a traça e a ferrugem consomem. Acumulam suas fortunas para, depois de sua morte, seus familiares disputarem pelos bens deixados. Porém, os servos do Senhor procuram depositar sua fé em Deus por meio de seu Filho, Jesus Cristo, sabendo que o seu tesouro incomparável é a vida eterna.

3. Verdadeira paz só em Jesus.

A oportunidade para se ter um relacionamento saudável com Deus está disponível a todos os homens. Este relacionamento talvez não resulte em prosperidade material aqui na terra, todavia brotará uma paz profunda que nenhum dinheiro do mundo pode comprar. Para se ter paz é preciso mais do que semear sementes financeiras no seu Reino; é adotar um modo de vida e praticar uma devoção sincera e contínua a Deus. Como disse o profeta Isaías, somente em Jesus podemos encontrar a verdadeira paz, pois Ele é o Príncipe da Paz [Is 9.6]. 

CONCLUSÃO

Aprendemos nesta lição que a nossa vitória está em um conjunto de passos e de atitudes de comportamentos. O livro de Ester nos ensina que nossas atitudes podem influenciar no processo para sermos bem-sucedidos, como José, Ester e tantos outros. Servir a Deus corretamente é fundamental para cumprirmos nossa missão como discípulos de Cristo.

Postado por: Pr. Ademilson Braga

Fonte: Revista Betel

Compartilhe!

Deixar um comentário

© Seara de Cristo - Todos os direitos reservados.

Scroll to top