You Are Here: Home » Artigos » Adolescentes » A fé que nos salva

A fé que nos salva

Desligados

Você convive bem com as pessoas a seu redor? Às vezes, não parece ser tão fácil, não é mesmo?

Para começo de conversa, para se ter uma boa convivência, é necessário que se tenha amizade e mantenha um bom diálogo com as pessoas. O homem foi criado para ter uma relação de intimidade e comunhão com Deus, a nível tão profundo, que pudesse refletir a glória do Criador.

O pecado da desobediência afastou completamente o homem de Deus. Com isso, toda a humanidade sofreu duras consequências. O pecado se manifestou na vida do homem de diversas formas: doenças, preconceito, dor, ódio, tristeza, morte (Romanos 7.13).

Esse estado de desobediência acabou com o bom relacionamento e amizade entre Deus e o homem (Isaías 59.2). Isso porque Deus é Santo e não pode tolerar o pecado de modo algum.

Vendo que o homem se encontrava em estado lastimável, Deus, na sua infinita bondade, planejou um meio a fim de que ele pudesse se reencontrar novamente com o Pai, através de Jesus Cristo, seu Filho. Ele durante o seu ministério terreno

Se aproximou do homem com todo amor curando as suas enfermidades e ensinando-lhes a se relacionar novamente com Deus.

Uma mulher desprezada

Jesus trabalhava incansavelmente para que o homem conhecesse o amor, visando também a sua restauração. Um dia, quando Ele estava muito ocupado, em meio a uma multidão de necessitados, aconteceu um fato muito interessante envolvendo uma mulher doente. Ela, muito enferma, buscou sua cura de uma forma bem discreta.

O seu sofrimento físico durava 12 anos, o que a deixou completamente debilitada. Sem esperança, sem recursos financeiros para tratamento médico, sofrendo discriminação devido ao tipo de enfermidade que sofria, ela sabia que só Jesus seria a solução definitiva para a sua enfermidade. Mas o que fazer? Ela não tinha liberdade para se aproximar Dele devido a sua enfermidade e dos motivos relacionados com a cultura da época.

A fé nos liga a Deus

A certeza de que Jesus traria solução para o seu problema, deu forças para a mulher planejar e executar um plano que restauraria a sua saúde. Então, resolveu, às escondidas, tocar, com as suas mãos, o Salvador.

Ela procurou se aproximar bem de Jesus, encheu-se de fé, e tocou em suas vestes. Ao esticar o braço e tocá-lo, ela sentiu imediatamente a cura. Naquele momento de fé, ela obteve solução para problema que a escravizava durante tanto tempo.

Após a emocionante experiência de se sentir bem, um grande temor entrou em seu coração por ter tocado em Jesus. Ela esperou em silêncio, certa de que não estava tão longe assim de Deus. O seu relacionamento com o Senhor havia sido restabelecido imediatamente através de sua fé. Por isso, não precisava temer.

Jesus, que acompanhava todo o seu esforço, lhe disse: “Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou!” Com essas palavras, ela pôde experimentar a bondade, amor e misericórdia de Deus.

Depois daquele episódio, Jesus continuou com a sua tarefa de unir o homem a Deus. Ele ensinou, curou, amou, deu vida aos mortos, morreu pelos nossos pecados e ressuscitou para que todos os homens voltassem para Deus através da fé.

Agora, quem desejar se voltar para Deus deve imitar o gesto de fé daquela mulher corajosa. Podendo assim, ter o mesmo relacionamento de amor e amizade com Deus. Basta tocá-Lo através da fé.

 

Postado por: Pb. Ademilson Braga

 

 

Compartilhe!

Deixar um comentário

© Seara de Cristo - Todos os direitos reservados.

Scroll to top