You Are Here: Home » Artigos » O Ciclo das Missões

O Ciclo das Missões

RM 10. 12-18 – COMO OUVIRÃO SE NÃO HÁ QUEM PREGUE? COMO PREGARÃO SE NÃO FOREM ENVIADOS?

O texto Bíblico acima citado, ainda que pareça tão somente uma indagação, é de fato, muito mais do que isto. E na verdade um desafio a toda e qualquer pessoa que, dizendo-se Cristã, espera viver de acordo com a vontade Santa de nosso Senhor Jesus.

Estes versículos apontam um fato, que apesar de obvio, e negligenciado pela grande maioria dos cristãos destes últimos dias. E responsabilidade atribuída ao crente a pregação a todos os povos da terra. O Ide de Jesus, sua ultima mensagem à Igreja, fica fatalmente prejudicado se ninguém prega.

E porque ninguém pregaria? Porque quase todos pensam que esta tarefa não e algo pessoal; imaginam que alguém já deve estar pregando, e assim acabam transferindo uma responsabilidade individual e indelegável.

Todo crente deve chamar para si a responsabilidade de pregar a palavra a todos os povos e nações. E então, partindo deste principio, Deus logo transformara este servo, antes pedra fora do braseiro, em uma importante engrenagem do grande “motor” missionário.

Um segundo e fundamental passo para a realização de missões é o envio. E claro que nem todos os envolvidos no propósito missionário serão enviados ao campo. Mas todos participarão: Ora, em oração, outras vezes contribuindo e alguns, naturalmente, lançando suas vidas no arado.

Se não ha enviados, não ha quem pregue e por isso, ninguém ouvira, E assim tem inicio um cicio fatal a saúde das missões, trazendo portanto, grande prejuízo a obra do Senhor. E tal prejuízo só tem um beneficiado: O inimigo de nossas almas, que assim vê adiada a volta de Jesus Cristo.

 

 

Postado por: Pb. Ademilson Braga

 

Compartilhe!

Deixar um comentário

© Seara de Cristo - Todos os direitos reservados.

Scroll to top