You Are Here: Home » Artigos » E.B.D » Adolescente » Na Bíblia, a bússola da vida

Na Bíblia, a bússola da vida

EBD – Adolescentes – EDIÇÃO: 14 – 2º Trimestre – Ano: 2021 – Editora: CPAD

LIÇÃO – 01 – 04 de abril de 2021

TEXTO BÍBLICO

Salmos 119.97-104

Destaque

“A tua palavra é lâmpada para guiar os meus passos, é luz que ilumina o meu caminho” (Sl 119.105).

LEITURA DEVOCIONAL

Segunda-feira – Dt 4.2

Terça-feira – Ez 1.3; 6.3; 12.25

Quarta-feira – Mt 4.4

Quinta-feira – Lc 8.9-15

Sexta-feira – I Co 1.18

Sábado – Ef.6.17

Domingo – Tt 1.1-4

I. A BÍBLIA, O LIVRO DO POVO

A palavra Bíblia é o plural de “livro” e “rolo”. No idioma antigo, a língua grega, o termo “Bíblia” significava “coleção de livros”: uma coleção de obras literárias em único volume. Quando os seus pais colocam a Bíblia nas mãos, ou você a conduz nos braços, de uma só vez, sessenta e seis livros são carregados num único volume. Há mais de dois mil anos, na época de Jesus, isso não era possível.

Primeiro, porque não havia o Novo Testamento e depois, não existia máquinas para unificar e imprimir os livros que formam a Bíblia hoje. Por falar em “Testamento”, você sabe o que esta palavra significa? “Pacto”, “Contrato” e “Aliança”. A Bíblia está dividida em dois testamentos: o Antigo e o Novo.

A partir destes dois documentos uma aliança foi realizada para com um povo em particular, Israel (Antigo Testamento); e outra universal, para todos os homens e mulheres do mundo, a Igreja (Novo Testamento).

II. A BÍBLIA FOI REDIGIDA POR PESSOAS

A pergunta “Como a Bíblia foi escrita e para quem foi dirigida?” nos ajuda a compreender a forma de Deus revelar a sua Palavra aos seres humanos. Em primeiro lugar, a Bíblia não caiu do céu com zíper e tudo. O nosso Deus usou pessoas simples, em épocas diferentes, de povoamentos distintos, com habitantes e hábitos diversos aos nossos.

Mas que ao longo de aproximadamente 1600 anos, ou seja, 16 séculos, organizaram o conjunto do livro sagrado, a Bíblia. O Antigo Testamento vem do povo judeu e, séculos mais tarde, tornou-se o livro dos cristãos. É composto por trinta e nove livros (39). Nestes escritos aparecem os nossos primeiros pais da fé, guerreiros, juízes, reis, rainhas, animais, e tantos outros personagens que podem deixar você admirado.

A maneira como vemos Deus hoje tem origem neste Testamento da Bíblia. Ele aparece como o Criador, o Pai cuidadoso dos filhos amados. Ali também pessoas oraram ao único Deus verdadeiro, outras choraram, mas se fortaleceram no Senhor. Não há pessoas que fiquem indiferentes à leitura do Antigo Testamento.

O Novo Testamento é formado por vinte e sete livros (27). Ele nos conta a história de Jesus de Nazaré, dos seus discípulos e, mais tarde, dentre estes, os doze apóstolos. O Novo Testamento conta-nos como as igrejas foram formadas e multidões passaram a crer em Jesus como o Salvador. Entretanto, bem lá no início da história da Bíblia não existia as divisões que hoje conhecemos — Antigo e o Novo Testamentos, números de capítulos e versículos, etc.

Estas vieram depois de um tempo para que, didaticamente, compreendêssemos mais facilmente a leitura da Bíblia.

A soma de todos os livros da Bíblia é 66. Isto é, temos ao todo na Bíblia, 66 livros.

III. A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS

Pela fé, cremos que Deus inspirou pessoas no passado para redigir a sua Palavra e revelar-nos as riquezas do seu Reino e da sua Justiça. Podemos conhecer a vontade de Deus somente pela sua Palavra. A Bússola da Vida revelou-nos o Pai Celestial através dos homens mortais, fazendo-nos conhecer a sua vontade:

a) Abraão. O próprio Deus se revelou a Abraão, nosso pai na fé, pela Palavra (Gn 12.1-3). Com Abraão somos herdeiros das promessas da fé por Cristo Jesus (Gl 3.6-9).

b) Moisés. O Senhor entregou a Moisés os Dez Mandamentos. Estes mandamentos eram instruções sobre a nossa relação com Deus e com as outras pessoas (Êx 20.1-17).

c) Os Profetas. Através dos profetas, os mensageiros de Deus, o Senhor revelou seus planos para Israel. Corrigiu-o quando era preciso corrigir e o consolou quando era a hora de consolar (Is 7; Os 6.1-3; II Pe 1.19-21; 3.14-16).

d) Os Apóstolos. Os apóstolos do Senhor Jesus Cristo escreveram várias cartas para orientar as igrejas que foram estabelecidas por eles. Essas igrejas reconheciam os escritos dos apóstolos como ensinos inspirados por Deus. As cartas dos apóstolos guiaram a Igreja de Cristo nesses 21 séculos de história cristã (II Tm 3.16,17; II Pe 1.19-21).

e) Jesus Cristo. A maneira pela qual Deus tem falado nestes últimos dias é através do seu Filho, Jesus Cristo (Hb 1.1-4).

A partir de Jesus, a Palavra de Deus transformou-se em homem ( Jo 1.1-5). Ele é a palavra plenamente revelada por Deus ao seu povo!

Formou-se em homem (Jo 1.1-5). Ele é a palavra plenamente revelada por Deus ao seu povo!

Ame a Palavra!

Quando uma pessoa escreve-nos um bilhete carinhoso e afetuoso ficamos surpresos e percebemos o quanto somos valorizados por alguém que, talvez, nem tivéssemos tão em alta conta assim. Você um dia não sentiu isto a respeito de algum colega? Este é o sentimento que deve haver em nosso coração com relação a Deus e a sua Palavra.

Através do seu Filho, o Pai nos revelou a sua Palavra para vivermos uma vida de alegria e paz. Mas precisamos conhecê-la. A Bíblia é preciosa e eterna. A Palavra de Deus é a vida escrita para nós. É o carinho de Deus o qual eu e você devemos desfrutar. E só podemos conhecer a Deus através de Jesus Cristo, o seu amado Filho. Este está na Palavra. Ele é a Palavra!

Quem vê o Filho vê o Pai! Ame a Palavra! Uma das melhores maneiras de aprendermos a Palavra de Deus é participando de cultos onde ela tenha destaque: O culto doutrinário, a Escola Dominical e as pregações dos cultos públicos. São oportunidades para aprendermos mais a Palavra do Senhor. Desenvolva o hábito de levar papel e caneta em sua Bíblia ou use o bloco de notas para fazer anotações e apontamentos na hora da pregação.

Leia a Bíblia. Comece pelo Novo Testamento. A melhor maneira de conhecer a Palavra de Deus é lendo-a e estudando-a. Busque conhecer mais ao Senhor através da Palavra!

RECAPITULANDO

Nesta lição estudamos o significado da palavra “Bíblia”. Aprendemos que a Bíblia se refere a uma coleção de livros. Vimos também que ela se divide em dois testamentos: o Antigo e o Novo. Que a palavra testamento significa “pacto”, “aliança” ou “contrato”. Aprendemos que Deus fez uma aliança com Israel e, em Cristo, uma aliança definitiva com a humanidade. Também analisamos que o Antigo Testamento tem 39 livros e o Novo, 27.

E que a Bíblia foi inspirada por Deus, redigida por pessoas que nos falaram sobre as verdades eternas. O nosso desafio desta semana é amarmos a Palavra de Deus de todo o coração e conhecermos mais sobre Jesus Cristo. Pois através da Palavra, que é Jesus, temos acesso ao Pai. Ame a Palavra! Leia a Bíblia!

Postado por: Pr. Ademilson Braga

Fonte: Editora CPAD

Compartilhe!

Deixar um comentário

© Seara de Cristo - Todos os direitos reservados.

Scroll to top